×
Complete com você informações e nós o chamaremos imediatamente










×
 
Nossos guias

Exploradores do Fim do Mundo

Uma equipe multidisciplinar de experts em Patagônia vislumbrará os costumes, experiências e qualidades sobre o canto mais extremo do sul do mundo. Sua própria perspectiva, próxima à natureza e tranquilidade que somente uma viagem pela calma dos fiordes e as gélidas brisas do sul podem oferecer. Toda a aventura e experiência sobre a Patagônia, escrita por quem se mantem próximo diariamente, em primeira instância com a flora e a fauna do cone sul.

 

Mauricio nasceu em Punta Arenas, no Chile, em 1968. Viveu em Washington (EUA), onde terminou seus estudos secundários, aprendeu o idioma inglês e a cultura norte-americana e percorreu 10 dos Estados. Estudou Engenharia e Cinema em Santiago do Chile. Sua relação com as viagens, o montanhismo e a fotografia começa quando ainda era bem jovem, no Parque Nacional Torres de Paine, onde trabalhou como guia durante os verões dos anos oitenta. Continuando com a atividade de montanha e a produção audiovisual, ele mudou para a Europa, onde fez parte de um grupo de alpinismo que realizou expedições aos Pirineus e os Alpes entre os anos de 1995 e 2003. Seu gosto pelo estudo e pela documentação de locais ricos em história natural o trouxeram de volta à Patagônia. Em 2005 se integrou à equipe de expedicionários da Australis. Se especializou na história e na fotografia da flora. É músico e amante dos esportes, além de caiaquista certificado por A.C.A. no nível 2. Atualmente é chefe de expedição do Stella Australis

IDIOMAS: Espanhol e inglês.

Nascido em Santiago do Chile, mas Magalhânico por opção. Chegou para trabalhar na Australis em 2005 trazido pelo vento magalhânico, depois de ter recebido o título de Licenciado em Estudos Turísticos na Universidade SEK de Santiago, e permaneceu na Australis até 2009. Após um intervalo de 2 anos, regressou em 2011 para tornar-se guia e mostrar a maravilhosa Patagônia, “o lugar mais belo do mundo”, a nossos hóspedes. Também já viajou para a França onde aperfeiçoou o idioma francês.



IDIOMAS: Espanhol, inglês e francês

Nascido em Santiago, onde morou até sua maioridade. A partir de então começa uma etapa de viagens que permitem estudar e trabalhar em diferentes partes do mundo: História da Arte e Ciências Clássicas em Connecticut e Filosofia em New York. Visitou o velho continente onde estudou a formação em Filosofia com especialização em Antropologia e dividiu seu tempo livre com a função de guia turístico freelance em Roma. Antes de retornar à sua terra natal, atua como professor de ética e educação cívica na Cidade do México.
Troca as “piazzas” e basílicas romanas e as salas de aulas do distrito federal para chegar à bela Patagônia, onde combina suas duas paixões: a busca–desfrute da beleza e harmonia, e o prazer de acompanhar grupos de turistas para compartilhar as riquezas de Magalhães e retornar de alguma forma a cordialidade recebida durante sua estadia no exterior. Entre seus interesses particulares está o estudo dos pioneiros de Magalhães, como Gunther Pluschow e Alberto De Agostini. 

Felipe nasceu no Recife, Nordeste do Brasil, dia 18 de Abril de 1986. Viveu grande parte de sua infância em Milão, na Itália, onde aprendeu e absorveu o idioma e a cultura italiana. Desde seus primeiros anos foi criado viajando pela Europa, onde anos depois voltaria, em seu intercâmbio universitário, a Valladolid, na Espanha. Terminou sua carreira de designer industrial na sua cidade natal em 2010, onde também se especializou em desenho de produtos e fotografia.
Sua relação com as viagens, a fotografia e o espírito aventureiro o levou a visitar lugares belíssimos, aprender outras culturas e consolidar diferentes idiomas. Em suas experiências conheceu os extremos, desde a Península Antártica até a Lapônia Sueca, incluindo temporadas de viagens pela América Latina e Europa. Amante da natureza e das atividades ao ar livre dedica-se a compartilhar suas aventuras que, finalmente, o trazem ao extremo sul da América, à “grandiosa Patagônia”. Membro da equipe de expedição da Australis desde o ano de 2014.

IDIOMAS: Espanhol, português, italiano e inglês.

Nasceu em Osorno, região dos Lagos. Desde muito pequena gostou de sair para acampar e se conectar com a natureza. É formada como Professora de Inglês, atividade que desenvolveu durante muitos anos em Santiago. Sua paixão é a montanha, atividade que realiza principalmente na região central e norte do Chile. É membro do Clube Alemão de Montanhismo, DAC, e foi diretora de trekking em 2013. Porém, não podemos esquecer as aves, sua outra paixão. É membro da Unorch (União dos Ornitólogos do Chile – N.T.)
Em 2008 desembarcou na Patagônia norte e foi guia de ecoturismo em uma embarcação. Seguiu o rastro e hoje está na Patagônia Sul, a bordo do Australis desde 2015 como guia de expedição.

IDIOMAS: Espanhol, inglês e francés.

Nasceu em Janeiro de 1987, em Tela Atlântida, Honduras. Filho de mãe hondurenha e pai chileno, com descendência grega e da Polinésia. Realizou todo o seu processo de formação escolar na cidade de Atlanta, Geórgia, Estados Unidos. É onde cresceu e gerou a maior quantidade de vínculos sociais. Ao iniciar seus estudos, decide entrar na Universidade Estatal de Kennesaw e vai para o Chile, onde continua seus estudos na Universidade de La Serena, como professor de inglês. Após isto, decide conhecer outras culturas e tradições de outros países que lhe permitiram aprender novas coisas. Esteve nos 7 continentes. Atualmente Rodrigo Lira é um orgulhoso membro da Australis desde 2015.

IDIOMAS: Espanhol, inglês e italiano.

Filha de pioneiros patagônicos é feliz portadora de dupla nacionalidade: chilena e argentina. Entrou em nossa empresa após uma longa experiência na indústria de cruzeiros internacionais.
Fluente em vários idiomas, como o espanhol, inglês, francês e italiano, ainda tem conhecimentos de português e alemão. Sua principal ocupação é o atendimento aos nossos hóspedes a bordo.
Estudou Turismo no Instituto Superior de Turismo Perito Moreno de Buenos Aires, Argentina, e possui bacharelado em Política Internacional do Monterey International Studies, Monterey CA USA.

IDIOMAS: espanhol, inglês, francês, italiano.

Olá! Meu nome é Cristóbal Villanueva e estudei Turismo Aventura na Universidade Inacap. Trabalhei no exterior durante 4 anos em Cruzeiros me dedicando ao passageiros, porém nunca trabalhei claramente como guia, até que conheci a empresa Australis. Aqui fui capaz de me aprimorar como guia em todo seu esplendor, conhecendo a Terra do Fogo e seus fiordes glaciais e a fauna única de uma região onde nunca imaginei encontrar minha paixão no que estudei, mas cada vez que nos treinam em algo, aprendemos mais sobre onde trabalhamos e é incrível o que podemos conseguir e foi assim como comecei minha carreira de guia. Além disto, falo 3 idiomas e pretendo continuar aprendendo para poder entregar o melhor serviço aos passageiros que encontre em meu futuro.

Nasceu em um povoado nas redondezas da cidade de Paris, França. Aos 17 anos sua família lhe ofereceu a oportunidade de morar um ano com bolsa nos Estados Unidos. Este intercâmbio foi fundamental para os anos seguintes, já que despertou sua curiosidade e desejo de explorar maneiras diferentes de viver no mundo, o que o leva a estudar antropologia. Ao realizar sua tese, pesquisa sobre a relação entre os seres humanos e a natureza.

A Patagônia, com a sua forte história humana e sua natureza única, o atraiu. Para ele, embarcar no Australis é atualmente uma forma de explorar seu interesse pelo ser humano e o meio ambiente, além de ser uma oportunidade de desenvolver seu pensamento.

Idiomas: FRANCÊS, INGLÊS, ALEMÃO E ESPANHOL

Marc nasceu em Mallorca, uma pequena ilha do Mediterrâneo. O fato de estar cercado pelo mar desde pequeno marca sua paixão e profissão, o que o leva a estudar Oceanografia.
Após 4 anos na Universidade de Cádiz (Espanha), acredita que é hora de mudar de ar e decide realizar sua tese no Chile, especificamente em Valparaíso, região litorânea central.
Quando completou os seus estudos, pensou que ainda havia muito do Chile para conhecer, decidindo então postergar seu voo e ir para a Patagônia durante algumas semanas, o que inevitavelmente viraram meses após descobrir a beleza escondida neste canto remoto do planeta.
Durante essa temporada, além de viajar, mora dois meses no Farol da Ilha Magdalena, estudando o Pinguim de Magalhães, onde conhece a companhia Australis, na qual se incorporou com total entusiasmo como guia de expedição.

IDIOMAS: Espanhol e Inglês

Cristian nasceu na ilha de Sardenha (Itália) em 1975. Em 1995 mudou para a Costa Rica como voluntário por um ano nos Parques Nacionais da jóia da América Central. Logo, estudou sociologia em Roma e foi ativista em várias organizações juvenis da Europa. Trabalhou como instrutor em Direitos Humanos, Resolução de Conflitos e Liderança, por aproximadamente 10 anos. Como instrutor profissional internacional, visitou mais de sessenta países em quatro continentes, inclusive locais tão remotos como a Groenlândia e as áreas tribais de Laos. Após três anos como expatriado com base no sudeste asiático (Tailândia, Vietnã e Laos, principalmente), decidiu casar com uma mulher patagônica e mudou-se para Punta Arenas, onde começou trabalhando na arrecadação de fundos para a construção do Museu Nao Victoria, para logo tornar-se especialista de conteúdo do Museu, chegando a ser considerado um expert em exploradores como Magalhães e Shackleton, e a história da exploração da Patagônia em geral. Sua ânsia por conhecimento o levou a fazer parte da Equipe de Expedição da Australis na temporada 2014/2015. Depois morou na Turquia com a sua família entre 2016 e novembro de 2017, onde publicou um blog em italiano sobre política internacional, até a chegada do chamado da vida selvagem que o trouxe de volta ao fim do mundo para trabalhar com a família Australis.

Idiomas: Italiano, inglês, espanhol e francês.

Nasceu em 1989 na cidade de Punta Arenas, onde trabalhou como guia turístico desde 2007. Viveu 5 anos nos Estados Unidos, como intercambista em Pittsburgh, na Pensilvânia, e como estudante universitário no condado de Califórnia, também na Pensilvânia. Tem licenciatura em Relações Internacionais com especialização em Ciências Políticas pela California University of Pennsylvania. Membro da equipe de expedição Australis desde 2012, Javier tem muito interesse por esportes e atividades ao ar livre.

IDIOMAS: espanhol e inglês.

Lorena nasceu no coração da Patagônia em 1991, entre o gelo e o vento. Sua curiosidade a levou a aprender inglês aos cinco anos de forma autodidata. Quando seus pais compraram uma casa próxima ao campo ela descobriu seu amor pela natureza e o ar livre aos seis anos, declarando-se como um amante dessas terras do sul. Aos doze anos tentou pela primeira vez guiar em Torres del Paine. Logo mudou-se para Santiago do Chile, onde frequentou a Universidade Diego Portales, onde se tornou guia e contato dos Estudantes de Intercâmbio de sua profissão, Ciência Política e Relações Internacionais. A multicultura desperta seu interesse de viajar ao exterior, visita a Europa pela primeira vez em 2014 e após se certificar em Políticas Públicas em 2017 na Universidade de Cambridge. Uniu-se à Australis como Guia de Expedição em 2012. Seus principais interesses são vegetação e observação de aves.

Rodrigo nasceu em Punta Arenas, Chile em 1976. Após trabalhar por 5 anos no Parque Nacional Torres del Paine decidiu se arriscar como guia, e desde então como guia local nos Parques Torres del Paine, Pali Aike e Pingüino Rey na Região de Magalhães.
Estudou Turismo, menção em Turismo de Aventura no Instituto Inacap e posteriormente certificou-se em Turismo, Viagens e Eco-aventura no Canadá.

Idiomas: Espanhol e Inglês.

 

Quer mais informação?
sales@australis.com
+55-11 3266-4221