×
Complete com você informações e nós o chamaremos imediatamente










×
 
8
NOITES
De: Punta Arenas
De: Punta Arenas
A partir de
US $2.592
Rota 8 noites

Rota de Darwin saindo desde Punta Arenas

No extremo do mundo o aguarda uma travessia de nove dias e oito noites pelas águas que inspiraram Charles Darwin. O itinerário revive grande parte do percurso pelo Arquipélago da Terra do Fogo realizado em 1830 a bordo do HMS Beagle pelo renomado naturalista inglês, uma viagem que o inspirou a escrever “A origem das espécies” e desenvolver a Teoria da Evolução. Saindo de Punta Arenas, cruzaremos o Estreito de Magalhães, para visitar as colônias de pinguins das Ilhotas Tucker e observar a exuberante vida selvagem da Baía Ainsworth, cruzando a seguir o Canal Beagle, em nossa rota até do glaciar Pia e da Avenida dos Glaciares. Ao iniciar e ao terminar a escala em Ushuaia, respectivamente, o navio para na história Baía Wulaia e no fabuloso Cabo Horn, onde poderá fazer uma excursão no litoral da Ilha Magdalena para ver sua grande colônia de pinguins.

Datas e Tarifas - Rota de Darwin saindo desde Punta Arenas 8 noites

Temporada 2018

Temporada 2019

Temporada 2020

Itinerários

DIA
1

Punta Arenas

Check in entre 13:00 e 17:00 horas em O'higgins 1385 (Porto Arturo Prat), Punta Arenas. Às 18:00 horas, embarque no cruzeiro. A tripulação, liderada pelo seu capitão, lhe dará as boas vindas a bordo. Coquetel juntamente com os seus companheiros de viagem. Mais tarde, o navio zarpará para o Fim do Mundo. Através do mítico Estreito de Magalhães e do Canal de Beagle, navegará pela Patagônia e Terra do Fogo. É o começo de uma grande aventura.
 
DIA
2

Baía Ainsworth - Ilhotas Tuckers

Com as primeiras luzes da aurora, a navegação continuará através do Seno Almirantazgo até chegar às imediações do Glacial Marinelli na Baía Ainsworth, em plena Cordilheira Darwin e dentro do Parque Nacional Alberto De Agostini. Aprenderemos como a vida ressurge após o recuo das geleiras. Empreenderemos uma caminhada para descobrir um dique de castores e o maravilhoso bosque sub-antártico que o rodeia. Na praia, tentaremos ver elefantes marinhos. Não há garantia de que os avistaremos dado que a localização exata da colônia é imprevisível. Durante a tarde, depois do almoço, visitaremos as ilhotas Tuckers onde avistaremos as colônias dos pingüins de Magalhães (uma ave que vive apenas no hemisfério sul) e cormorões desde os botes Zodiac. Em setembro e abril este passeio é substituído por Baía Brookes, onde desembarcaremos para uma caminhada perto da geleira.
 
DIA
3

Glaciar Pia - Avenida dos Glaciares

Navegaremos pelo braço noroeste do Canal Beagle para entrar no Fiorde Pia e desembarcar perto do glaciar de mesmo nome. Iniciaremos uma excursão até um mirante que oferece excelentes condições para a observação do cordão montanhoso, de onde se origina este impressionante glaciar e todo seu deslocamento até cair no mar. Depois desta inesquecível experiência, continuaremos nossa excursão passando pela majestosa vista da "Avenida dos Glaciares”.
 
DIA
4

Cabo Horn - Baía Wulaia

Desembarcaremos na Baía Wulaia, lugar histórico que foi um dos maiores assentamentos de nativos canoeiros Yámanas na região. Charles Darwin desembarcou neste lugar durante a sua viagem a bordo do HMS Beagle em 23 de janeiro de 1833. Este lugar também oferece uma beleza hipnótica de sua vegetação e geografia. Chegaremos a um mirante caminhando pelo bosque de Magalhães no qual crescem lengas, coigües, canelas e samambaias e outras espécies. Pela tarde, Navegaremos pelo Canal Murray e Baía de Nassau para chegar ao Parque Nacional Cabo de Hornos onde desembarcaremos se as condições climáticas permitirem. O lendário Cabo Horn foi descoberto em 1616; é um promontório quase vertical de 425 metros de altura. Durante anos foi uma importante rota de navegação entre os oceanos Pacífico e Atlântico. É conhecido como o fim do mundo. Foi declarado Reserva da Biosfera pela UNESCO em junho de 2005.
 
DIA
5

Ushuaia

Chegada em Ushuaia, cidade mais importante da Tierra del Fuego e a mais austral do mundo. Desembarque às 08:00 horas.

O embarque será às 17:30 horas. A tripulação, liderada pelo seu capitão, lhe dará as boas vindas a bordo. Coquetel juntamente com os seus companheiros de viagem. Mais tarde, o navio zarpará para o Fim do Mundo. Passando pelo Canal de Beagle e pelo Estreito de Magalhães, navegará pela Patagônia e Terra do Fogo. É o começo de uma grande aventura.
 
DIA
6

Cabo Horn - Baía Wulaia

Navegaremos pelo Canal Murray e Baía de Nassau para chegar ao Parque Nacional Cabo de Hornos onde desembarcaremos se as condições climáticas permitirem. O lendário Cabo Horn foi descoberto em 1616; é um promontório quase vertical de 425 metros de altura. Durante anos foi uma importante rota de navegação entre os oceanos Pacífico e Atlântico. É conhecido como o fim do mundo. Foi declarado Reserva da Biosfera pela UNESCO em junho de 2005. Pela tarde, desembarcaremos na Baía Wulaia, lugar histórico que foi um dos maiores assentamentos de nativos canoeiros Yámanas na região. Charles Darwin desembarcou neste lugar durante a sua viagem a bordo do HMS Beagle em 23 de janeiro de 1833. Este lugar também oferece uma beleza hipnótica de sua vegetação e geografia. Chegaremos a um mirante caminhando pelo bosque de Magalhães no qual crescem lengas, coigües, canelas e samambaias e outras espécies.
 
DIA
7

Glaciar Pía – Glaciar Garibaldi

Navegaremos pelo braço noroeste do Canal Beagle para entrar no Fiorde Pia e desembarcar perto do glaciar de mesmo nome. Iniciaremos uma excursão até um mirante que oferece excelentes condições para a observação do cordão montanhoso, de onde se origina este impressionante glaciar e todo seu deslocamento até cair no mar.

Durante a tarde ingressaremos no fiorde Garibaldi, na costa sul da Terra do Fogo, onde poderemos realizar uma incrível excursão pela selva fria da Patagônia e uma caminhada  de ascensão pelo interior do bosque até a base de uma cascata de origem glaciar, de onde poderemos apreciar uma imponente paisagem. Para aqueles que permanecerem abordo, nosso Capitão poderá navegar até ao glaciar Garibaldi que dá o nome a este lugar, de grande beleza e cor. Convidamos você às nossas coberturas exteriores para desfrutar da navegação panorâmica.
 
DIA
8

Seio Agostini – Glaciar Aguila – Glaciar Condor

Pela manhã navegaremos pelo canal Cockburn para entrar no Seio de Agostini, onde será possível apreciar os glaciais que descem desde o centro da Cordilheira Darwin, alguns deles chegando até o mar. Durante a manhã desembarcaremos nos barcos Zodíac, para fazer uma leve caminhada ao redor de uma lagoa formada pelo degelo do Glaciar Águila, com o qual chegaremos a ficar frente a frente. Pela tarde realizaremos uma navegação em barcos Zodiacs para nos aproximar do Glaciar Condor. Aprenderemos sobre a formação dos glaciais e sua influencia na abrupta geografia dos canais da Terra do Fogo.
 
DIA
9

Ilha Magdalena - Punta Arenas

No início da manhã, se as condições meteorológicas permitirem, desembarcaremos na Ilha Magdalena, no Estreito de Magalhães, lugar de detenção obrigatória para o abastecimento de antigos navegantes e descobridores. Esta ilha é o lar de uma imensa colônia de pingüins de Magalhães que poderemos apreciar durante a nossa caminhada até o farol, que orienta as distintas embarcações em suas passagens pelo Estreito. Nos meses de setembro e abril esta excursão será substituída por um desembarque na Ilha Marta, onde poderemos observar os leões marinhos desde os botes Zodiac. Finalizada nossa visita, terminaremos a viagem em Punta Arenas, onde desembarcaremos às 11h30.
 
!

OBSERVAÇÕES: As excursões descritas nos itinerários são normalmente possíveis de ser realizadas. Não obstante, a empresa reserva o direito de alterar, mudar ou omitir parte do itinerário sem aviso prévio, seja motivada pelo bem-estar e segurança dos passageiros, para a preservação adequada do meio ambiente ou em caso de circunstâncias extraordinárias, casos fortuitos ou de força maior que o exija. Pelos mesmos motivos, a saída ou chegada das embarcações poderão estar sujeitas a eventuais mudanças. Da mesma forma, não há qualquer garantia de visualizar aves e animais já que a localização destes é variável.

Ventus Australis

Cruzeiros de Expedição

O nome “Ventus Australis”, que em latim significa “Ventos do Sul”, reflete as intempéries características da Terra do Fogo, um fator que determinou o desenvolvimento sociocultural da região e foi testemunha de reconhecidas façanhas de exploração pelos canais do extremo sul da Patagônia.

 
Publicado

Magellanic Penguins in Chilean Patagonia

Magellanic penguins or spheniscus magellanicus are a medium-sized species of penguin named after the explorer Ferdinand Magellan, who was the first to record the animal during an expedition in 1519. Read More
 
 
 

Quer mais informação?
sales@australis.com
+55-11 3266-4221